MundoZ! Portal de Conteúdo.

Como lidar com os sentimentos de culpa?

A culpa é o dedo acusador apontando em sua direção.
Tempo de leitura: 5 minutos
Mulher morena pensativa

Um dia desses estava refletindo sobre o quanto o sentimento de culpa pode se tornar em uma grande “gaiola”, nos aprisionando emocionalmente e nos impedindo de vivermos de uma maneira mais leve.

Há sentimentos de culpa que acompanham algumas pessoas por toda uma vida, além de poder afetar sua autoestima e  autoconfiança, a culpa costuma te envolver em um sentimento de autocrítica.

Ela é o dedo acusador que costuma ficar apontado vinte e quatro horas em sua direção, mas acredite. Muitas vezes esse dedo acusador não é do outro, mas o nosso próprio.

Então, qual seria a melhor maneira de lidar com a culpa e seguirmos nossa vida de forma leve e produtiva?

Para melhor lidar com os sentimentos de culpa é preciso:

 — Reconhecer que você é humano:

Parece tão óbvio não é mesmo? Acontece que muitas vezes nos esquecemos disso. Quantas vezes nos culpamos por situações que nem ao menos estavam sob o nosso controle? Ao invés de nos acolhermos e sermos mais compreensivos, nos “chicoteamos” e somos extremamente duros conosco?

Não esqueça que o simples fato de você ser um humano já lhe diz que você irá falhar muitas vezes, mesmo que você não queira. Então, esqueça esse perfeccionismo de lado e livre-se da culpa.

 — Perdoar-se pelos erros cometidos:

Se perdoar é tão importante quanto perdoar o outro. Significa abrir mão da raiva, da mágoa, do sentimento de culpa para se sentir mais  livre e poder  seguir seu caminho de maneira mais leve.

Perdoar-se significa compreender que existem coisas que não estão sob o seu controle, e por mais que você se esforce e se prepare, nem sempre as coisas sairão como você planejou.

Então, perdoe-se. Reconheça seus erros e permita-se aprender com cada um deles, procurando ser a cada dia uma pessoa melhor para o mundo e para si mesmo.

 — Entender que as escolhas que você fez no passado foram baseadas nas  experiências e recursos que você tinha naquela época.

Podemos cair na armadilha de ficarmos nos culpando por coisas que aconteceram no passado, porém precisamos compreender que não dá para você comparar a pessoa que você era com a que você se tornou.

No passado você fez escolhas baseadas no conhecimento que você tinha, nas suas crenças, na maneira como você via e percebia as coisas.

Talvez hoje você seja uma pessoa completamente diferente daquela pessoa do passado. Pode ser que se tornou alguém  mais experiente, mais responsável.

 Então, ao invés de ficar remoendo esses sentimentos de culpa, permita-se ser mais gentil com você e decida colocar um ponto final nesse sentimento de culpa que tanto corrói a sua vida e te impede de seguir em paz consigo mesmo.

 — Desenvolver a autocompaixão:

Pare nesse momento e reflita um pouco sobre a seguinte pergunta. Se fosse uma amiga sua que tivesse sofrendo com sentimentos de culpa por atitudes tomadas no passado. Qual seria a sua atitude em relação a sua amiga? O que você diria a ela?

Provavelmente você diria palavras de acolhimento para essa amiga não é mesmo? Pois, bem! Desenvolver autocompaixão é se acolher da mesma maneira que você faria com uma amiga muito querida.

Portanto, quando o dedo acusador da culpa estiver sobre você lembre-se que a melhor maneira de lidar com ela é abrindo a porta da gentileza e acolhendo-se de maneira gentil e amorosa.

 

Bom pessoal esse foi o texto de hoje, espero que ajude vocês a lidarem melhor com os sentimentos de culpa.

Ah, e se você gostou desse texto compartilhe com uma amiga.

Estou também no instagram. Me segue lá:

@adrifernandes.psi.

Beijos e até a próxima!

 

Imagem: https://br.freepik.com/cookie-studio

Adriana Fernandes
Author: Adriana FernandesWebsite: http://adrianafernandes.com.br
Psicóloga.CRP 04/39812 Apaixonada por livros e poesia.