Vida e Carreira

O que NÃO fazer se você quer manter seu emprego

Estima-se que nos próximos dois anos 7 pessoas serão demitidas por minuto no Brasil¹, e nós elaboramos uma pequena lista de atitudes, que se não forem evitadas, podem fazer com que qualquer pessoa entre para as estatísticas.

Se não é possível quantificar ou qualificar os resultados do seu trabalho dentro da organização, se você não conseguir adicionar um valor claro ou mesmo se você sempre tem uma boa desculpa para justificar o não cumprimento das metas. E pior ainda, se seu chefe volta-e-meia lhe pergunta: 'O que você fez o dia todo?' Bem, neste caso você é um sério candidato a integrar a lista dos primeiros a serem demitidos na próxima 'reestruturação' da equipe.

A falta de comprometimento com a empresa e com as metas da equipe, algo do tipo: 'só faço o que me mandam', é algo que decididamente pode resultar em demissão. Lealdade é uma forma sutil mas muito eficaz de demonstrar compromisso com a empresa e sua missão e é vital para o sucesso de qualquer empresa. Dar o seu melhor na hora de cumprir as metas é o mínimo que se espera de um profissional comprometido, principalmente se ele ocupa um cargo de liderança na empresa.

Se você é daqueles que resiste às inovações, e todas vez que se depara com novas ideias responde que: 'em time que está ganhando não se mexe', cuidado, essa falta de entusiasmo para aprender coisas novas e encarar novos desafios certamente fará com que você seja demitido.

Sabe aquelas pessoas de temperamento difícil, que não costumam medir as palavras? Pois é, não seja essa pessoa. Se você costuma ter verdadeiros embates com colegas e até mesmo com clientes, se você é aquela pessoa negativa que costuma ver sempre o copo meio vazio e fica navegando de um conflito para outro sem nem ao menos tentar estabelecer um diálogo claro e produtivo. Pare com isso hoje mesmo se realmente quiser manter seu emprego.

Nunca ajude a concorrência. Se você tem dificuldade em manter sigilo sobre os assuntos e estratégias que envolvem a empresa onde trabalha e simplesmente anuncia aos quatro ventos tudo o que se passa dentro da empresa, saiba que essa atitude também fará com que você seja mandado embora como se diz por aí.

Falar mal do chefe não ajuda nem um pouco. Se você costuma se queixar, mesmo que seja apenas aos amigos mais próximos, saiba que esta é uma atitude que só demonstra sua falta de capacidade em tomar uma decisão objetiva. A verdade é que se você não está satisfeito com o lugar onde trabalha, o melhor a fazer é pedir demissão e sair de lá deixando a porta aberta, mesmo que você nunca mais pretenda usá-la novamente.

Não demonstrar nenhum esforço para ajudar a equipe a alcançar aquela meta especial e ser aquele que está só esperando o relógio marcar 18:00 para sair correndo para a sua vida particular é um coisa que vai te colocar na lista de 'dispensáveis' do seu chefe.

Há uma piada que diz: 'Errar é humano, culpar os outros é estratégico'. Acredite, NUNCA leve isso para o seu trabalho. Se você tenta a todo custo encobrir seus erros se eximindo da responsabilidade você certamente será demitido, esse tipo de comportamento nunca passa despercebido numa empresa.

E por último, mas não menos importante:

Não deixe que sua vida pessoal interfira no trabalho, se de alguma forma sua vida pessoal está sugando sua energia e afetando seu rendimento, resolva isso rápido, porque alguém assim certamente tem os dias contados.

Author: Vida e Carreira

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos.

Topo