Empreendedorismo

O que é um Plano de Negócios?

Elaborar um plano de negócios antes de abrir a empresa é um enorme diferencial. Sua elaboração pode demonstrar a viabilidade do negócio.
Tempo de leitura: 6 minutos

Plano de negócios ou plano empresarial, é o documento que deve reunir todas as informações sobre a empresa e seu mercado de atuação, considerando os clientes, parceiros, concorrentes e os fornecedores, além das informações internas do negócio, começando com o marketing e chegando até o financeiro. Um Plano de Negócios é um descritivo pormenorizado sobre a identidade da empresa, mostrando todas as estratégias e ainda procurando prever os resultados no médio e longo prazos, considerando todos os cenários possíveis.

Sobre Plano de Negócios.

Neste artigo veremos os principais tópicos de um plano de negócios, são eles:

1. Plano executivo
2. O descritivo geral e o modelo de negócio
3. A estratégia de marketing
4. O plano gerencial
5. O plano operacional
6. O plano jurídico
7. O plano financeiro

1. Plano executivo que deve compôr o Plano de Negócios

O plano executivo precisa conter no máximo três páginas e mostrar uma visão abrangente do plano de negócios. Deve informar os aspectos mais importantes do empreendimento e é importantíssimo para prender a atenção do leitor logo nos primeiros segundos, esplanando de maneira objetiva a oportunidade, os produtos ou serviços, falando sobre o mercado de atuação da empresa, sobre os benefícios sociais que o negócio vai proporcionar e mostrando o planejamento financeiro.

O plano executivo que compõe o Plano de Negócios deverá ser escrito depois da compilação de todos os outros itens do plano de negócios, muito embora ele apareça no início do documento.

Sobre Plano de Negócios.

O resumo executivo aborda, de maneira objetiva, os seguintes aspectos dentro do Plano de Negócios:

– As demandas ou necessidades do mercado ainda não atendidas e que justificam a criação da nova empresa;
– O segmento de mercado, como seu tamanho e a perspectiva de crescimento do mesmo;
– Os produtos e serviços que serão disponibilizados e seus respectivos diferenciais;
– As inovações e o modelo de negócios que deverão ser adotados;
– A equipe e o conhecimento de cada um de seus integrantes;
– O índice de rentabilidade do novo negócio e as eventuais necessidades de financiamento.

Sobre Plano de Negócios.

2. O descritivo geral e o modelo de negócio é essencial para se ter um bom Plano de Negócios

Este item deve apresentar informações básicas da estrutura atual do negócio.

– A declaração de missão da empresa ou sua razão de existir, descrevendo como as necessidades dos clientes serão atendidas através dos produtos e serviços oferecidos pela empresa;
– Uma visão de médio e longo prazos, enfatizando os objetivos estratégicos;
– Qual é o modelo de negócios da empresa, incluindo a proposta de valor, o perfil dos clientes, os canais de distribuição ou venda, as parcerias e os recursos estratégicos, assim como o modelo de receita que se pretende implementar.

Sobre Plano de Negócios.

3. A estratégia de marketing do Plano de Negócios

A estratégia de marketing precisa apresentar os benefícios dos produtos e serviços fornecidos e percebidos pelos consumidores. Este item mostra os enfoques mais importantes linkados ao mercado visado pelo negócio e às estratégias de marketing que deverão ser implementadas.

Sobre Plano de Negócios.

Um plano de marketing deve ser bem elaborado ao ser inserido no Plano de Negócios da empresa e precisa abordar questões focadas em análise de mercado, proposta de valor, na concorrência e na estratégia de marketing, tais como:

– Quais os fatores (culturais, sociais, pessoais e psicográficos) que influenciam na tomada de decisão dos consumidores?
– Quais os critérios – geográficos, demográficos, comportamentais, volume, tecnologia, etc. – que podem ser usados para fazer a segmentação do mercado?
– Quais os segmentos mais interessantes para o negócio?
– Qual o mercado-alvo escolhido?
– Em que estágio de desenvolvimento está o produto da empresa?
– Quais as características exclusivas dos produtos ou serviços oferecidos;
– Existem outros produtos ou serviços previstos para compor o mix da empresa?
– Quais são os principais concorrentes que já estão no mercado?
– É possível identificar uma tendência de crescimento ou mesmo de redução no mercado?
– Qual é a estratégia competitiva mais agressiva da empresa?
– Que estratégias serão implementadas para gerar clientes em potencial e posteriormente convertê-los em clientes efetivos (comunicação, promoção, localização etc.)?
– Como será feita a prospecção dos clientes em potencial?

Sobre Plano de Negócios.

4. O plano gerencial que integra o Plano de Negócios

O empreendedor deve reunir o time mais comprometido possível para auxiliá-lo no processo de administração do negócio. Além disso é necessário decidir sobre a instalação física do empreendimento além dos aparatos de mobiliário e equipamentos adequados.

O plano gerencial precisa representar uma estrutura organizacional, dentro do Plano de Negócios, que mostre os principais elementos do time gerencial e seus respectivos pontos de contato. As atividades mais importantes também devem ser descritas no plano.

Sobre Plano de Negócios.

Os principais tópicos desse item, que integra o Plano de Negócios, são:

– Como será distribuída a participação societária e quais as respectivas responsabilidades de cada sócio?
– Quem são os integrantes da equipe gerencial?
– Quais as competências, formação e experiência de cada um deles?
– Se há mais investidores ou diretores envolvidos, quais são suas qualificações?
– Quais os cargos existentes na empresa e quais as diretrizes para preenchê-los?
– Se consultores devem ser contratados, quais as suas qualificações?
– Como os colaboradores serão selecionados e qual a política salarial?
– Quem toma as decisões na empresa (níveis de autonomia e responsabilidade)?
– Qual a cultura da empresa? E como ela vai premiar a criatividade, inovação e compromisso dos colaboradores?
– Existem programas de treinamento, desenvolvimento e integração de novos funcionários para garantir sua afinidade com as estratégias do negócio?

Sobre Plano de Negócios.

5. O plano operacional mostrado no Plano de Negócios

Aqui é apresentado o processo de como serão produzidos os produtos e/ou prestados os serviços. Deve-se mostrar no Plano de Negócios, o procedimentos adotado para garantir a qualidade da produção, o controle do estoque e o uso de terceirização.

Questões ligadas às matérias-primas consideradas críticas, também devem ser mencionadas neste item. As principais questões ligadas ao plano operacional são:

– Como serão fabricados os produtos ou serviços (abordar os processos de produção mais importantes)?
– Quais os principais processos de apoio?
– Quais os processos que devem ser terceirizados?
– Quais infraestruturas ou unidades de operação serão empregadas?
– Qual a capacidade dessas instalações?
– Como será feito o controle de qualidade dos produtos e serviços?
– Como será feito o controle de estoque?
– Qual o impacto ambiental decorrente da produção ou da utilização dos produtos/serviços?
– Quais são os custos de produção mais importantes?
– Quais são os materiais ou componentes mais críticos no processo de produção?
– Quais os canais de fornecimento mapeados?
– Quais são os fornecedores mais importantes, qualificações, certificações e localização?
– Que tipos de contratos de fornecimento existirão?
– Como será feita a logística de fornecimento?

Sobre Plano de Negócios.

6. O plano jurídico, parte importantíssima do Plano de Negócios

Em muitos casos, o plano jurídico é inserido na descrição geral do Plano de Negócios. Na verdade, ele é apenas um descritivo da forma jurídica de constituição da empresa além das questões legais relacionadas.

As principais modalidades de constituição de empresas são: empresa limitada, sociedade por cotas e sociedade anônima. Embora existam ainda muitas variações que mereçam menção dentro dessas modalidades de constituição da empresa.

As questões mais importantes no quesito Plano Jurídico que compõe o Plano de Negócios são:

– Como a empresa será constituída juridicamente (empresa individual, sociedade por quotas de responsabilidade limitada, sociedade anônima comum ou unidade de negócios de uma corporação)?
– Quais as implicações jurídicas no tocante a dívidas na forma da constituição selecionada?
– Quais as vantagens e desvantagens fiscais dessa modalidade de constituição?
– Qual é a data da incorporação?
– Que advogado ou escritório jurídico está selecionado para atender a empresa?
– Qual o tipo de relacionamento existente com esse advogado ou escritório jurídico?
– Que questões legais são mais importantes na atualidade ou num futuro próximo?
– Que licenças/permissões são exigidas da empresa?

Sobre Plano de Negócios.

7. O plano financeiro que integra o Plano de Negócios

O plano financeiro mostra os princípios de referência e controle da situação financeira da empresa, devendo ser usado pela Plano de Negócios para fazer as projeções necessárias e orientar as atividades seguindo as diretrizes planejadas, corrigindo desvios e adaptando-se aos novos cenários provenientes das mudanças de conjuntura.

Deve ser empregado como referência para promover a empresa, selecionar parceiros de negócios e investidores, além de angariar capital de risco que visa aumentar o poder de fogo da empresa frente ao mercado. Além disso o plano financeiro é uma fonte de dados para análise de crédito pelos fornecedores e instituições financeiras.

O plano financeiro carrega pontos relevantes do Plano de Negócios e que dizem respeito aos aportes iniciais de capital para viabilizar os investimentos de mobilização do negócio, projetando resultados, considerando o faturamento, a previsão de custos e ainda apresentando as análises financeiras da empresa, como fluxo de caixa, balanço patrimonial, finalizando com a análise da projeção de investimentos que deve ser elaborada com as técnicas mais modernas existentes no mercado.

Sobre Plano de Negócios.

Os tópicos mais importantes que precisam ser considerados neste ponto para um bom Plano de Negócios:

– Quais as perspectivas empregadas na formulação das projeções financeiras?
– Qual faturamento está sendo esperado no médio e longo prazos?
– Qual o custo esperado para os mesmos períodos?
– Qual o lucro esperado para os mesmos períodos?
– Qual é a situação financeira hoje, e qual é a perspectiva para os próximos 5 anos?
– Quando a empresa deverá atingir o ponto de equilíbrio?
– Qual é o montante de capital necessário neste momento?
– Qual é o montante de capital adicional necessário neste momento?
– Como se dará a aplicação do capital disponível?
– Qual o montante de capital já foi investido no negócio e quanto desse capital foi investido pelos sócios?
– Existem fontes de capitação de recursos adicionais e quais são elas?
– Quanto do capital investido neste momento é composto de patrimônio e quanto é proveniente de empréstimos?

Sobre Plano de Negócios.

De forma geral a questão financeira que compõe um plano de negócio é dividida em:

O capital inicial:

O montante que o empresário investirá no início do negócio, como máquinas, móveis, equipamentos, pesquisas de mercado, registros e licenças do governo, etc.

A projeção dos resultados:

Relatório apresentando a projeção das entradas e saídas, seguindo as informações lançadas no software de gestão usado pela empresa, tais como receitas, custos fixos e variáveis, impostos e despesas.

Sobre Plano de Negócios.

O ponto de equilíbrio:

Quando a receita tem o mesmo valor de todas as despesas contabilizadas, como os custos fixos e os custos variáveis do negócio. Resumindo é quando a empresa não apresentará lucro e nem prejuízo. Nesse estágio é demonstrado o valor que o negócio precisa vender para cobrir todos os custos.

A análise de investimentos:

Relatório demonstrando os métodos mais usuais usados pelas empresas e também exigidos pelos bancos para analisar sobre a viabilidade de um empreendimento.

Sendo que os métodos mais comuns são:

Pay Back (Tempo de Retorno);
TIR (Taxa Interna de Retorno);
VPL (Valor Presente Líquido).

RELACIONADO: Será que o seu negócio é viável?

Author: Empreendedorismo

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos.

Topo