Empreendedorismo

Como gerar demanda para produtos e serviços

Buscar novas maneiras de fazer o que já está sendo feito é uma grande oportunidade para criar diferenciais, e isto fará sua marca se diferenciar das demais.
Tempo de leitura: 4 minutos

Algumas lições tiradas de Adrian Slywotsky, autor do livro 'Demand: Creating What People Love Before They Know They Want It', ensina como criar produtos e serviços magnéticos.

Sobre como criar demanda para nossos produtos e serviços vamos analisar neste artigo seis pontos básicos:

1. Magnetismo
2. Analise seu produto/serviço de forma objetiva
3. O poder das 'soluções completas'
4. Encontre o seu gatilho
5. Nunca pare de aprender
6. Esqueça o óbvio

Desenvolva, melhore,  aprimore seu produto até que esteja no estado da arte, não pare enquanto não atingir este estágio. Seus concorrentes e seus clientes te darão TODAS as armas - informações - necessárias para isso, basta ficar ligado no que os concorrentes andam fazendo, nas críticas dos clientes e nos desejos dos clientes em potencial.

Olhe para o seu produto de forma desapaixonada, pode ser difícil,  afinal é a nossa criação,  é quase como um filho, é difícil enxergar os defeitos, MAS é preciso olhar de forma fria e objetiva e procurar os defeitos e as vulnerabilidades para então poder corrigi-las.

Permita que seu cliente saiba que o SEU produto ou serviço pode sanar TODAS as demandas dele,  tudo num só lugar. Isso economiza o tempo dos clientes. Existem pessoas cujos dias não cabem em 24hs e para essas pessoas tempo é tudo.

Quando você compreender quais são as motivações dos consumidores, você terá encontrado o SEU ouro. O que leva as pessoas a comprar nem sempre é o fator preço, mas algo que apenas o SEU produto pode oferecer. Essa é a motivação por trás da compra.

Estude, analise mais e mais, seus concorrentes, seus clientes, o mercado E as inovações que surgem a todo o momento. Para criar diferencial as vezes basta acrescentar - ou retirar - um pequeno detalhe, e isso poderá fazer toda a diferença na cabeça do consumidor.

Quando todos pensam e agem da mesma forma, ninguém está pensando direito. Isso significa que você precisa olhar para o mercado de uma forma mais 'questionadora': 
Será que não dá para fazer diferente? 
Será que essa é a única maneira de se produzir ou de oferecer um determinado serviço?

E agora complementando com as dicas de Adrian Slywotsky:

1. Magnetismo

Amplie sua ideia até que ela seja indispensável para o seu público-alvo. Produtos que atraem os consumidores são diferentes de produtos considerados apenas 'bons ou excelentes'. O que realmente fideliza o seu consumidor não é o que foi lançado antes, mas sim o que realmente supre as necessidades desse consumidor.

2. Analise seu produto/serviço de forma objetiva 

Existe hoje uma enorme quantidade de produtos que apresentam uma ou outra falha, isso é extremamente prejudicial para uma marca ou um profissional que pretende disputar mercado. Saber identificar as falhas de seu produto/serviço, e principalmente analisar as falhas do que o seu concorrente está vendendo é sem dúvida uma enorme oportunidade para ganhar a confiança dos consumidores.

3. O poder das 'soluções completas'

Consumidores, sejam eles domésticos ou corporativos, dispõe de cada vez menos tempo, então se você é um profissional que oferece um serviço, procure oferecer um serviço que elimine todas as pontas soltas, de maneira que seu cliente não precise se preocupar com absolutamente nada que não seja usufruir dos benefícios do que acabou de comprar. Da mesma forma, o produto criado pela sua empresa deve oferecer a maior comodidade possível ao seus clientes, isso fará com que estes façam a melhor e mais poderosa propaganda para sua empresa, o bom e velho 'boca-a-boca'.

4. Encontre o seu gatilho 

Consumidores de uma maneira geral tem grande tendência ao comodismo, e sempre desconfiam de novidades. Diante disso é imprescindível que se encontre a verdadeira motivação de compra por parte do consumidor. Uma estratégia muito eficiente sem dúvida, é a oportunidade de o cliente ter uma experiência com seu produto, ou até mesmo com o serviço que você vende.

 5. Nunca pare de aprender 

Estar sempre buscando uma nova maneira de fazer o que já está sendo feito consiste numa grande oportunidade para criar diferenciais, e é isto que fará com que sua marca esteja sempre a a frente de seus concorrentes.

6. Esqueça o óbvio

Pessoas são diferentes, por tanto suas necessidades também são. Para cada grupo de consumidores deve-se ter uma solução customizada, no momento que sua empresa consegue equacionar isso de forma adequada suas chances de deixar a concorrência para trás aumentam significativamente.

 

Luis Carlos Weber
Author: Luis Carlos WeberWebsite: https://bit.ly/3eLkTtK
Editor do eZoop! Ceo da MarkupEmpresa Sistema de Gestão. Entusiasta das novas tecnologias. Sempre com um novo projeto na cabeça.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos.

Topo