Casa e Decoração

Seu quarto também é seu escritório? Veja como decorá-lo

Saber organizar o espaço para momentos de descanso e trabalho é fundamental para aproveitar ao máximo cada um.
Tempo de leitura: 5 minutos.
Seu quarto também é seu escritório.

Seja por escolha ou por motivos externos, o modelo de trabalho remoto já faz parte da rotina de milhões de profissionais no Brasil mesmo antes da pandemia. Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizado em 2018 mostrou que 3,8 milhões de brasileiros trabalhavam em casa. Após a pandemia, estima-se que o modelo de trabalho remoto deve crescer cerca de 30% no Brasil, de acordo com uma estimativa da Fundação Getúlio Vargas.

- Home office: saiba como renovar o seu ambiente de trabalho
- Almofadas dão um toque especial na decoração do quarto

Apesar dessa tendência, muitos profissionais não possuem um cômodo livre em casa para utilizar como escritório. Uma opção que se mostra viável, é utilizar um único espaço para descanso e trabalho. Para não abrir mão de um quarto confortável e ainda ter um bom ambiente de trabalho, é necessário se atentar à escolha dos móveis, iluminação e outros detalhes.

Organização e escolha dos móveis

Um dormitório que também é local de trabalho exige organização. A escolha cuidadosa dos móveis é uma das formas de ajudar a delinear as funções do espaço. Caso não haja um ambiente de descanso e outro de trabalho, as funcionalidades podem se misturar, fazendo com que a produtividade diminua ou que o descanso seja prejudicado.

Considerando a primeira função, de dormitório, ele será um espaço de descanso e disposição de itens pessoais. Por isso, deve conter uma cama e um armário, que pode ser embutido ou solto. A escolha dos dois itens depende de fatores diferentes, mas é importante que se considere o tamanho do espaço ocupado.

Já para a função de trabalho, o local deve conter uma mesa e uma cadeira. A escolha de ambos deve considerar a ergonomia, considerando tamanho, material e estrutura.

Escolha da mesa de trabalho para home office

Para definir a mesa ideal, deve-se considerar inicialmente o tipo de trabalho que será feito nela. Essa definição permite escolher o tamanho de mesa ou escrivaninha e o material ideal.

Profissionais que utilizam apenas um notebook e um mouse conseguem trabalhar em escrivaninhas, bancadas, ou mesas menores, de cerca de 70 cm. Já profissionais que desenham no espaço ou utilizam frequentemente outros utensílios, como impressoras, podem precisar de um espaço maior.

Em relação ao material da peça, a madeira é a escolha mais comum. No entanto, profissionais que utilizam tinta ou outros materiais que possam sujar a mesa, por exemplo, podem preferir um móvel com tampo de vidro devido à facilidade para limpar.

Escolha da cadeira ideal para home office

Uma cadeira para trabalho deve ser ergonômica, isto é, voltada ao conforto aliado à produtividade. Para a escolha, é importante se atentar à estrutura, às regulagens e ao material da peça.

A cadeira ideal para o trabalho deve conter regulagens possibilitando o ajuste conforme a altura da mesa, mantendo uma boa postura durante o período de trabalho. Caso opte por uma cadeira sem ajuste, o profissional deve medir a altura ideal da cadeira em relação à mesa.

A estrutura e o material da peça podem ser escolhidos conforme a preferência estética de quem usa o quarto e também ao estilo do cômodo, desde que o objeto seja resistente e confortável.

Posição de cada item

Com os móveis definidos, é hora de organizar onde cada um ficará dentro do cômodo. Os itens de descanso, como cama e armário, podem ficar onde for mais conveniente e não atrapalhe o sono. Já as peças de trabalho possuem prioridade na organização do espaço.

A mesa ou bancada de trabalho deve ficar próxima a, pelo menos, uma tomada para que os eletrônicos, como computador e luminária, funcionem sem interrupções. Se não houver tomadas próximas ao local, a opção é utilizar uma extensão.

Caso o profissional goste de trabalhar à luz do dia — a mais indicada —, deve dispor a mesa e a cadeira próximo à maior fonte de luz natural, que pode ser uma janela ou uma porta.

Quartos grandes permitem o uso de uma parede inteira do quarto para a área de trabalho, dispondo aquele espaço para uma decoração específica. Essa opção é ótima para ajudar a separar as diferentes funções do quarto.

Boa iluminação para home office

Além da mesa recebendo iluminação natural, é importante investir em uma luz artificial de qualidade para o período noturno. De forma geral, a iluminação do quarto, tanto no foco principal quanto nas luminárias, deve ser quente (isto é, conter lâmpadas amarelas). Elas ajudam a descansar a visão caso seja necessário trabalhar à noite.

Quanto à divisão da iluminação artificial, o ideal é que haja duas luminárias no cômodo, a primeira na mesa de trabalho e outra próxima à cama, em uma mesa de cabeceira ou fixa na parede. A escolha faz com que não seja necessário levantar da cama para apagar a luz.

...

MundoZ! Casa e Decoração
Author: MundoZ! Casa e Decoração
Se você gostou do nosso artigo curta, compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda a continuar criando matérias interessantes e conteúdos incríveis para nossos leitores.

Topo