Casa e Decoração

Como organizar os alimentos na geladeira, cozinha e na despensa

Dicas úteis que podem reduzir o desperdício na sua casa.
Tempo de leitura: 4 minutos.
Como organizar os alimentos na geladeira,

Muitas vezes, buscamos sites de culinária para encontrar receitas espetaculares, verdade? O que nem sempre fazemos – e é importante – é informar-nos sobre a forma correta de organizar os alimentos na despensa, na cozinha e na geladeira. Uma das razões para aprendermos a organizar melhor os alimentos é o grave problema do desperdício.

Fome e desperdício no Brasil

Segundo o IBGE, no Brasil, em 2019, mais de 51 milhões de pessoas viviam abaixo da linha da pobreza. Segundo dados do instituto, famílias que vivem em condição de extrema pobreza dispõem de aproximadamente R$151 por mês para viver.

- Nutrição para crianças: dicas básicas para uma dieta saudável
- 5 ótimas razões para você cozinhar com seus filhos

Os níveis de 2019 já eram preocupantes, mas, devido à pandemia do novo coronavírus, há estimativas de que a situação possa piorar em um país em que mais de 5 milhões de brasileiros passam fome.

Os dados, contudo, são contrastantes com outra realidade alarmante: o Brasil desperdiça cerca de 26 milhões de toneladas de alimentos por ano. Os números foram divulgados em 2013, pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), e representavam quase 10% dos alimentos produzidos.

Como você pode concluir, estamos diante de uma grande contradição. Enquanto desperdiçamos tanta comida, milhões de pessoas passam fome. É importante tomarmos consciência da situação que vive nosso país. Além disso, podemos fazer algo: contribuir com organizações que visam garantir a segurança alimentar.

O armazenamento adequado dos alimentos no refrigerador é essencial para o aparelho cumprir sua função e para que os alimentos sejam conservados pelo maior tempo possível.

Aprenda a organizar sua geladeira para aproveitá-la ao máximo

Veja algumas indicações sobre a conservação dos alimentos no refrigerador:

Temperatura ideal

Controle a temperatura da geladeira. A geladeira deve permanecer a 5ºC e o freezer a -18ºC. No verão, é aconselhável baixar alguns graus da geladeira. Lembre-se que para manter sempre a temperatura ideal, a geladeira não deve permanecer muito cheia, e abra a porta somente quando necessário pelo menor tempo possível.

Limpando a geladeira

É muito importante manter a higiene adequada na geladeira. Limpar o equipamento pelo menos uma vez por mês é uma tarefa obrigatória.

Espaços bem diferenciados

A geladeira deve ter espaços diferenciados para os diferentes tipos de alimentos. Só assim é possível evitar o contato entre eles, para que odores e sabores não sejam transmitidos uns aos outros. Além disso, a temperatura não é a mesma em toda a geladeira e diferentes alimentos requerem diferentes temperaturas para sua conservação.

E então, onde colocar cada comida?

Porta: é a região onde a temperatura é mais baixa e, por isso, o melhor lugar para colocar ovos, molhos, manteigas e compotas, e também bebidas como, água, sucos, e vinhos.

Parte superior: é o local de comidas prontas, como as massas e embutidos. Nesta zona também devem ficar potes já abertos e que não necessitam de mais frio (tomate, natas ...).

É importante lembrar que, depois de abertos, esses alimentos devem ser consumidos em até uma semana, além de sempre respeitar os prazos de validade dos industrializados. É também local de produtos como anchovas em azeite, patês, defumados, etc.

Área do meio: lugar ideal para guardar os laticínios (queijos, leite, iogurtes...) que não necessitam de temperatura muito baixa, bem como os produtos com embalagens abertas, as conservas ou as sobras que temos guardadas.  Antes de guardar alimentos prontos, é preciso esperar que esfriem. Nunca coloque na geladeira nada muito quente.

Zona baixa: é o lugar na geladeira para carnes e peixes, pois são os produtos que vencem mais rápido. Por isso, o melhor lugar para eles é a parte mais fria da geladeira. Algumas geladeiras possuem um compartimento com porta para que esses alimentos permaneçam protegidos.

O adequado é mantê-los em pacotes com fechamento hermético ou em potes de vidro (recipientes de plástico podem alterar o sabor dos alimentos) para evitar que, caso haja o vazamento de líquidos, o refrigerador não seja contaminado. Nunca deixe esses alimentos por mais de 2 dias na geladeira.

Gavetas: guarde nelas os legumes e as frutas que precisem de refrigeração (menos batatas, tomates ou cebolas). É preferível não guardá-los em plásticos, pois precisam estar em contato com o ar.

Lembre-se de que as baixas temperaturas não são tão adequadas para eles, pois podem se deteriorar mais facilmente (este tipo de alimento como, as folhas verdes pode 'queimar' facilmente no frio).

Uma atenção especial deve ser destinada à higienização de frutas, legumes e hortaliças. 

Freezer: a temperatura deve ser de -18ºC. Quando você congelar algo, não se esqueça de colocar etiquetas com a data. É importante estar atento às datas de validade.

Organize sua despensa e aproveite o espaço para guardar os itens das suas receitas culinárias

Depois de termos visto alguns critérios de organização dos alimentos no refrigerador, vamos agora falar da despensa. Como estão os seus armários? É fácil encontrar o que procura?

Não guarde grandes quantidades de alimento

Quando compramos alimentos em quantidades maiores do aquela que consumimos, corremos o risco de desperdiçá-los. Às vezes, esquecemos de enlatados no fundo do armário, e quando os encontramos novamente já estão vencido.

Nesse sentido, algumas boas práticas podem nos ajudar a sermos mais organizados:

Comprar apenas a quantidade que consumimos ao longo do mês, evitando riscos de desperdício. Organizar os alimentos procurando verificar a data de vencimento. Por exemplo, se você comprar latas de extrato de tomate, e em casa já havia algumas guardadas, priorize o uso daquelas cuja a data de vencimento está mais próxima.

Classifique os alimentos na despensa

Adote critérios de classificação dos produtos para facilitar a organização dos armários e o acesso aos itens. Agrupe a comida seguindo as classificações básicas. Por exemplo, escolha prateleiras onde serão guardados apenas os grãos; outras, para as farinhas. Os enlatados podem ocupar um espaço só para eles, e os doces podem estar em outra parte da dispensa. Uma dica para a hora de fazer  a organização é acomodar em lugares de fácil acesso aqueles produtos usados mais frequentemente.

E para finalizar, muitas vezes, desperdiçamos alimentos devido à nossa desorganização. Uma das maneiras de nos organizar é guardando os alimentos na geladeira de acordo com alguns critérios para que eles não tenham contato uns com outros, e para que a temperatura – que difere em cada parte dos aparelhos de refrigeração – seja a adequada para cada tipo de alimento.

Além disso, para otimizar o espaço da cozinha, a despensa pode ser organizada, categorizando os itens, como farinhas, grãos, etc. Uma boa ideia é participar de algum curso de gastronomia que ensine a reaproveitar alimentos. As formações para pessoas interessadas em gastronomia trabalham receitas com alimentos que poderiam acabar sendo destinados ao lixo, mesmo estando ainda em bom estado.

...

MundoZ! Casa e Decoração
Author: MundoZ! Casa e Decoração
Se você gostou do nosso artigo curta, compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda a continuar criando matérias interessantes e conteúdos incríveis para nossos leitores.

Topo