• Pesquisar
  • Abrir menu

O brincar no desenvolvimento da autoconfiança

O brincar vai além de uma atividade lúdica. É parte fundamental do desenvolvimento da criança.
Tempo de leitura: 3 minutos
swing 2180703_1920_2

Você já parou para pensar no quanto o brincar é fundamental para o desenvolvimento da autoconfiança do seu filho? O brincar é mais do que uma atividade lúdica. É parte do desenvolvimento da criança.

Podemos dizer que o brincar é a linguagem da criança.

É através do brincar que a criança  expressa seus sentimentos, sendo também a melhor maneira de ensinar-lhe algo com maior facilidade.

O brincar é de extrema importância para o desenvolvimento físico, social e emocional da criança.

Já parou para observar uma criança brincando? Ela se movimenta, sorri, observa, se comunica.

Quando está com os amiguinhos Corre, dá gargalhadas, inventam brincadeiras, pulam, expressam emoções.

Ao mesmo tempo em que brinca, a criança está desenvolvendo habilidades que serão de extrema importância na vida adulta.

Há um melhor desenvolvimento da coordenação:

*Motora fina (melhora da habilidade das mãos e pés), que podem ser trabalhadas com desenhos, pinturas ou manuseio de pequenos objetos; 

*Coordenação motora grossa (desenvolvimento dos movimentos usando cérebro, músculos e articulações) que podem ser trabalhados com brincadeiras de correr, pular, arrastar-se, subir e descer escadas.

O brincar proporciona a criança desenvolver a sua autoconfiança.

Quando uma criança, por exemplo, ao brincar de futebol coloca a bola na rede, ficará mais estimulada a repetir a ação.

Quanto mais conseguir fazer gols, mais confiante ela se sentirá para tentar novamente. O mesmo acontece com uma criança que está aprendendo a andar de bicicleta.

 No início precisará da ajuda dos pais, depois irá tentar andar sozinha.Levará alguns tombos, terá alguns arranhões, porém se conseguir andar por dois minutos sozinho e sem cair, já será o suficiente para que ela tente outras vezes.

 São as simples brincadeiras preparando a criança para a vida!

Ao brincar a criança explora suas capacidades ,faz descobertas e vibra  com suas conquistas!

A autoconfiança está relacionada a comportamentos bem sucedidos. Toda vez que uma criança tem a oportunidade de emitir um comportamento, e quanto mais assertivos forem tais comportamentos, mais confiante a criança se sentirá.

O que torna alguém mais autoconfiante do que ter êxito em seus projetos? Não é diferente com a criança.

Ninguém se torna autoconfiante apenas pensando coisas positivas. É preciso agir, fazer, experimentar.

A melhor maneira de trabalhar a autoconfiança das crianças é dando a elas a oportunidade de realizar atividades que lhe dão prazer e, também  incentiva-las a experimentar outras categorias de brincadeiras e ter novas experiências.

Algumas crianças, principalmente as mais retraídas ou tímidas podem ter dificuldade de experimentar determinadas brincadeiras. Algumas dizem não gostar, e os pais, acabam não incentivando.

É preciso observar se realmente a criança não gosta da brincadeira ou está apenas com receio de experimentar.

Gradualmente, com muita paciência e sem obrigar, os pais podem levar a criança a experimentar atividades novas.

Ao brincar, seja no parque, na companhia de amigos, em casa com os pais e irmãos,  a criança aprende a:

*Negociar;

*Ter empatia;

*Interagir;

*Resolver problemas;

*Desenvolver a criatividade;

*Lidar com as adversidades, entre outras.

 O brincar proporciona a criança desenvolver atividades motoras, trabalhar suas emoções, senso de percepção e habilidades sociais.

"As crianças não brincam de brincar. Brincam de verdade." (Mario Quintana)

 

Adriana Fernandes
Author: Adriana FernandesWebsite: http://adrianafernandes.com.br
Psicóloga.CRP 04/39812 Apaixonada por livros e poesia.