MundoZ! Portal de Conteúdo.

Empreendedorismo

Como construir um marketplace B2C de sucesso?

Além de oferecer segurança operacional, uma plataforma de marketplace precisa de investimentos que estejam conectados à satisfação dos clientes.
Tempo de leitura: 4 minutos

Reunindo várias marcas em um mesmo ambiente virtual, um marketplace B2C necessita de uma infraestrutura de tecnologia robusta e estável e devidamente preparada para oferecer segurança aos usuários. Afinal, a satisfação dos clientes deve sempre ser uma premissa, pois é fundamental para o sucesso do negócio.

Veja também

- Marketplace: como aumentar suas vendas
- Como vender em marketplaces
- 5 Cuidados Necessários ao Comprar em Marketplaces

Marketplace B2C: conheça os principais desafios

Como reúnem grandes varejistas, microempreendedores individuais ou pequenas e médias empresas, um marketplace B2C precisa de uma ótima infraestrutura tecnológica para e-commerce, além de consideráveis investimentos com foco na atração da loja virtual.

Investimentos em tecnologia da informação (TI), marketing digital, design.

Além dos recursos aplicados aos aspectos físicos, tais como logística, armazenamento dos produtos, contratos com fornecedores, escolha das transportadoras, etc. 

Além disso, é imprescindível agir para evitar ações de hackers, oferecendo confiabilidade nas transações, ponto essencial para garantir o sucesso nas vendas. Nesse aspecto, entra a infraestrutura tecnológica para e-commerce.

Armários inteligentes

Também conhecidos como Locker Delivery, essas ferramentas auxiliam imensamente na logística do seu marketplace B2C.

Eles otimizam as entregas, concluindo todas as etapas de um pedido após a concretização da venda. 

Os lockers funcionam da seguinte maneira: o cliente faz a compra online e comparece em um determinado local para retirar a mercadoria por meio de uma senha que abre o armário. Isso permite que o lojista reduza os custos, tendo um impacto direto no aumento da produtividade e melhor aproveitamento do tempo.  

Personalização da loja

Um marketplace B2C necessita de um investimento no layout da loja, atendendo aos mais variados gostos dos clientes.

A personalização contribui com o customer experience (experiência do cliente) e faz com que o processo de compra se torne incrível. Dessa maneira, o processo de fidelização da clientela acontecerá naturalmente, contribuindo positivamente com o aumento do volume de vendas.

Um marktplace exige uma boa equipe de desenvolvedores    

Somente uma equipe capacitada e multidisciplinar será capaz de criar uma plataforma de marketplace B2C estável e atraente, com recursos que assegurem uma boa navegabilidade e facilitem a escolha dos produtos por parte dos compradores.

Para que isso aconteça, é preciso investir em uma empresa que ofereça suporte e feedbacks que estejam sintonizados com o ganho de competitividade. Além disso, é fundamental contar com ferramentas de segurança operacional para identificar possíveis golpes virtuais.    

Bons marketplaces devem contar com gestão profissional 

Responsável pelo sucesso de qualquer negócio, independentemente do segmento de atuação, a capacidade de gestão é essencial para o sucesso de um marketplace B2C. Isso porque as lojas online têm um intenso fluxo de caixa e devem manter todas as atividades sincronizadas, como cumprimento de prazos e devoluções, por exemplo.

Veja também

- Como fazer plano de negócios

Isso só é possível por meio de softwares que auxiliam na gestão, assim como outras ferramentas digitais.

Um ERP ajuda nos controles internos, enquanto um sistema CRM é necessário para melhorar o relacionamento com os clientes. Dar atenção especial nas métricas  de visitas e conversão é outro ponto a ser considerado para acompanhar a evolução do negócio e fazer os ajustes necessários.

Foco no mobile

Atualmente, os dispositivos móveis são amplamente utilizados pelos clientes nas compras online.

Portanto, um marketplace B2C precisa investir em um sistema que garanta uma boa experiência em smartphones e tablets. É preciso que todas as etapas de uma venda sejam concretizadas por meio dos dispositivos móveis, da pesquisa de preços ao fechamento de uma compra. Nesse quesito, é válido manter um design responsivo (que se adeque facilmente às telas menores), além da comunicação omnichannel (multi-canal), tendo em vista que os usuários podem começar uma compra no celular e encerrá-la no computador de casa.

Chatbots inteligentes

Os chatbots são os atendentes virtuais que interagem com os clientes de forma autônoma, podendo estabelecer diálogos nas redes sociais, no próprio site da empresa ou até mesmo por SMS. 

Apesar de relativamente antiga, as ferramenta de chatbots tem sido muito exploradas com o auxílio de inteligência artificial, o quê permite melhorar as respostas às questões enviadas pelos clientes, e isso acaba reduzindo custos com SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), além de melhorar o índice de satisfação dos clientes.

Qualidade nos conteúdos  

Investir em marketing sem qualidade nos conteúdos é um grande erro de estratégia.

Portanto, faça o máximo para produzir informação relevante sobre os produtos, isso facilita muito a atração de novos clientes e a conversões de leads (clientes em potencial) de maneira orgânica. Outra dica é explorar os links patrocinados e as técnicas de SEO tanto nas lojas quanto nos blogs das marcas que integram o marketplace B2C. 

Relacionado

- Como criar um Marketplace usando o WordPress

...

Author: Henrique Morgani - Colaboração para MundoZ!Website: https://e-zoop.com/z/1fp

RELACIONADOS

Como criar um KPI

KPIs, as principais métricas que definem o sucesso de ações estratégicas e servem como parâmetro para as áreas que precisam de melhorias.
Tempo de leitura: 15 minutos
Empreendedorismo

Topo