Empreendedorismo

A sombria história por trás da origem do slogan da Nike

Uma origem que os executivos da Nike não negam mas também não admitem. Co-fundador da famosa agência de publicidade Wieden & Kennedy, Dan Wieden havia sido contratado pela fabricante de roupas esportivas Nike, com a missão de construir um inspirador slogan que marcasse os produtos da empresa.

Mas criar uma frase sucinta e ao mesmo tempo poderosa é algo muito desafiador, mesmo para profissionais experientes da propaganda. Ele precisava de alguma ideia que pudesse causar impacto nos usuários da marca e que ao mesmo tempo fosse de grande amplitude, demonstrando o poder de uma marca com longevidade.

Wieden estava tendo algumas dificuldades em conseguir sintetizar numa frase curta tantos conceitos importantes.

Mas a vida pode ser realmente surpreendente as vezes.

Cerca de uma década antes e há alguns milhares de quilômetros de distância, outro homem seguia por uma estrada de vida bem diferente do que a de Dan Wieden.

Ele era Gary Gilmore, um violento criminoso protagonizando uma série de crimes, assaltando empresas.

No dia 19 de julho Gary assaltou um posto de gasolina e mesmo depois de pegar o dinheiro ele fez com que o atendente se deitasse no chão e o executou ali mesmo.

Um dia depois cometeu outro crime bárbaro, usando o mesmo modus operandi, mandou o atendente deitar-se no chão entes de disparar
contra ele. As duas vítimas eram jovens e pais de família.

Numa das ocasiões em que cometeu os crimes, ele acabou disparando contra a própria mão. Fato que não passou despercebido pelos investigadores do FBI. Surpeendentemente, Gary acabou sendo entregue por um familiar que disse à polícia que ele havia pedido ajuda para conseguir medicamentos e curativos para tratar um ferimento na mão.

O criminoso teve ainda a tremenda infelicidade de cometer os crimes no estado de Utah, conhecido por ser muito ágil em processos desse tipo. Gary foi julgado e condenado a pena de morte e para deixar claro o quanto a justiça do estado de Utah era de fato justa, o juíz ainda permitiu ao condenado que escolhesse como gostaria de morrer, se por enforcamento ou por um pelotão de fuzilamento. Gary escolheu ser fuzilado.

No dia da execução Gary estava sentando numa cadeira posicionada a frente de uma barreira de sacos de areia. O pelotão de fuzilamento era composto por cinco policiais pertencentes ao mesmo condado onde ele havia cometidos todos os seus crimes, os policiais seguravam, cada um, um rifle. Antes de colocar o saco preto na cabeça do condenado o carrasco perguntou quais eram as últimas palavras de Gary.

Gary Gilmore respondeu:
"Faça isso."

Dan Wieden ficou muito impressionado enquanto lia a notícia sobre essa história terrível sendo que o mais marcante de tudo, segundo ele, foi a parte “faça” da frase. Ele ficou espantado com a maneira como um homem, diante da certeza da morte iminente, pudesse encarar aquilo com tanta confiança.

Então Wieden apenas adicionou o "just" para dar mais ênfase à parte do "faça".

Segundo suas próprias palavras:

"Eu estava tentando escrever algo que impressionasse, para que pudesse falar com mulheres que haviam começado a caminhar para entrar em forma, e com pessoas que eram atletas profissionais - e que tinham o mesmo tipo de conexão entre elas".

O primeiro anúncio "Just Do It" apareceu em 1988 em um comercial de TV com uma atleta de 80 anos.

A frase persiste como um dos slogans de marketing mais marcantes do mundo. E não poderia ter se originado de uma maneira mais sombria.

As pessoas ficam chocadas ao saber sobre o slogan da Nike. Então agora, você tem uma boa história para contar e impressionar seus colegas no trabalho:

"A célebre frase da Nike, 'just do it', se originou nas últimas palavras de um condenado frente à um esquadrão de fuzilamento".

É, a inspiração pode vir de qualquer lugar, de qualquer lugar mesmo.

Luis Carlos Weber
Author: Luis Carlos WeberWebsite: https://bit.ly/3eLkTtK
Editor do eZoop! Ceo da MarkupEmpresa Sistema de Gestão. Entusiasta das novas tecnologias. Sempre com um novo projeto na cabeça.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos.

Topo