• Pesquisar
  • Abrir menu

Flexibilidade dos empréstimos sem restrição de uso

Juros baixos, bom prazo de pagamento e crédito rápido para usar como quiser
Tempo de leitura: 5 minutos.

Com os juros de mercado mais baixos, os consumidores estão tendo mais facilidade para obter crédito. Segundo a Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), a taxa média de empréstimos caiu para 6,86% ao mês (121,71% ao ano).

- Compra de imóvel: 5 dicas para identificar uma boa proposta
- GUIA IMOBILIÁRIO - INCC, o que é e como funciona

Os empréstimos de 'uso livre', como o refinanciamento de imóvel, o empréstimo pessoal e o consignado, possuem a vantagem de que o tomador do crédito não precisa informar a instituição financeira onde pretende usar o dinheiro. Dessa forma, quem contrata um empréstimo desse tipo, pode utilizar o crédito para qualquer fim, sem ter de comunicar ao banco.

Vamos analisar as modalidades de empréstimos de uso livre disponíveis no mercado e suas principais vantagens e desvantagens de cada uma:

Empréstimo Pessoal

O empréstimo pessoal é uma modalidade de crédito com uso livre que pode ser contratada por qualquer pessoa maior de 18 anos. Para conseguir o crédito, é preciso entrar em contato com uma instituição financeira. Após a aprovação, o empréstimo é liberado rapidamente.

Uma maneira de agilizar o processo é se tornar correntista do banco antes mesmo da solicitação. Esse tipo de empréstimo possui juros considerados altos e é tido como uma boa opção para quem precisa de dinheiro rápido por conta de alguma emergência.

Veja as vantagens e desvantagens do empréstimo pessoal:

Vantagens

- Pouca burocracia: o empréstimo pessoal não é um processo demorado e não demanda uma lista extensa de documentos, sendo uma 'linha de crédito rápido';
- Qualquer pessoa maior de 18 anos pode contratar.

Desvantagens

- Juros altos se comparados com outras modalidades (como o empréstimo consignado);
- Crédito limitado.

Empréstimo Consignado

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito em que o valor das parcelas é descontado direto na folha salarial do consumidor. Apenas aposentados e pensionistas, funcionários públicos e trabalhadores com carteira assinada podem solicitar esse tipo de empréstimo.

Por conta do desconto em folha, o empréstimo consignado oferece taxas de juros mais brandas e bom prazo de pagamento. Essa modalidade de empréstimo pode ser usada para a realização de algum sonho de consumo ou para a substituição de uma dívida cara por uma com juros mais baixos.

Confira as principais vantagens e desvantagens do empréstimo consignado:

Vantagens

- Juros reduzidos;
- Contratação simplificada e rápida.

Desvantagens

- Acesso limitado ao crédito.

Empréstimo com garantia (refinanciamento)

Essa também é uma modalidade de empréstimo com juros bem atrativos. Isso é possível porque o cliente coloca algum bem de valor elevado como garantia da operação. Os tipos mais conhecidos de empréstimo com garantia são o refinanciamento de imóveis e de veículos.

Assim, se você tem uma casa ou um carro em seu nome, você pode colocá-los como garantia do empréstimo. O crédito é de uso livre e muitas pessoas utilizam o valor para realizar sonhos de consumo ou quitar dívidas altas.

Outro ponto positivo do refinanciamento é o montante de crédito alto. É possível acessar uma boa quantia, de acordo com o valor do bem apresentado como garantia. Com isso, o dinheiro também pode ser usado para a abertura de um negócio.

As principais vantagens e desvantagens do refinanciamento:

Vantagens

- Crédito com valor elevado;
- Juros baixos.

Desvantagens

- Necessidade de garantia;
- Possibilidade de perda do bem caso não honre o pagamento das parcelas.

Vale a pena pegar empréstimos de 'uso livre'?

Dependendo do motivo ou da necessidade, vale bastante a pena contratar esse tipo de empréstimo. Ter a flexibilidade de utilizar o crédito obtido da maneira que quiser é uma grande vantagem para quem precisa lidar com dívidas e realizar sonhos de consumo a curto e médio prazo.

Além disso, sobretudo as modalidades de empréstimo consignado e refinanciamento possuem taxas de juros bem baixas, o que facilita o pagamento das parcelas. Acessar esse tipo de crédito pode ajudar a substituir uma dívida alta, como a do cheque especial, por exemplo, por uma dívida mais barata.

...
 

Author: Henrique Morgani - Colaboração para MundoZ!