• Pesquisar
  • Abrir menu

Charlie Cox diz que filme do Demolidor com Ben Affleck ‘não foi tão bom’

Enquanto Charlie Cox acha que Ben Affleck "faz um Matt Murdock muito bom", ao assistir o Demolidor de 2003 pela primeira vez, ele pensou: "O traje é uma merda!"
Tempo de leitura: 4 minutos
Charlie Cox em Demolidor (Netflix); Ben Affleck em Demolidor (filme de 2003) | CRÉDITO: NETFLIX / COLLECTION; COLEÇÃO 20THCENTFOX

Charlie Cox acha que o filme do Demolidor deixou a desejar. O ator - que interpretou o Demolidor na série da Netflix de mesmo nome e acabou de reprisar seu papel em Homem-Aranha: No Way Home - falou recentemente na Middle East Film & Comic Con 2022 em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, onde ele revelou que não assistiu à versão do filme de 2003 antes ser escalado como o próprio Matt Murdock.

"Eu assisti uma vez, e então eu queria fazer do meu jeito", Cox, 39, respondeu a um fã durante a sessão de perguntas e respostas do público do evento. "Eu não tinha visto antes de conseguir o papel. Eu só fui assistir depois de ser escalado para o papel."

Ele continuou dizendo que acredita que Ben Affleck, estrela o filme de 2003, "faz um Matt Murdock muito bom", acrescentando: "Eu gosto do Matt Murdock dele". No entanto, "eu não gostei do filme", ​​admitiu Cox. "Sinto que o filme tentou fazer muito e ficou um pouco confuso."

Jennifer Garner e Ben Affleck em Demolidor (2003) | CRÉDITO: 20THCENTFOX
Jennifer Garner e Ben Affleck em Demolidor (2003) | CRÉDITO: 20THCENTFOX

“Eles tinham todo mundo naquele filme – eles tinham Kingpin, eles tinham Bullseye, eles tinham Elektra, eles tinham Karen Page, eles tinham Foggy”, continuou Cox. "Estava saturado, e são duas horas. Então isso era parte desse problema."

"E além disso tudo traje usado no filme é uma merda!" ele concluiu do traje do Demolidor de 2003.

Affleck, 49, estrelou em 2003 Demolidor ao lado de sua agora ex-esposa Jennifer Garner como Elektra, Michael Clarke Duncan como Rei do Crime, Colin Farrell como Bullseye e Jon Favreau como Foggy.

Em 2015, Affleck exibiu suas próprias queixas com o filme, dizendo à Entertainment Weekly que achava que "não funcionou".

"Se eu quisesse me tornar viral, seria menos educado", acrescentou, o ator que já ganhou o Oscar duas vezes . "Isso foi antes que as pessoas percebessem que você poderia fazer esses filmes e fazê-los bem. Havia um senso cínico, na época, de 'basta colocar uma roupa de couro vermelho num cara, fazer ele correr muito, caçar alguns bandidos e ficar com a fama.' "

Cox não especulou muito sobre o futuro do Demolidor no Middle East Film & Comic Con, mas recentemente compartilhou sua experiência de ter a oportunidade de aparecer em  Homem-Aranha: No Way Home, que estreou três anos depois que ele encerrou o filme.  

Admitindo ao The Hollywood Reporter no mês passado que ele "se perguntou se [ele] havia sonhado" no início, felizmente para Cox, esse não foi o caso. Ele foi secretamente trazido para o  set de Homem-aranha: No Way Home  – vestindo uma capa gigante – para filmar uma cena com  Tom Holland  e  Marisa Tomei .

"Eu me senti muito confortável em poder me encaixar nessa cena. Eu interpretei o personagem quase todos os dias por quatro anos", disse Cox sobre seu papel como advogado que virou o vigilante Murdock.

Ele acrescentou:

"Sinto que sua essência está profundamente dentro de mim agora. Não me preocupei muito com isso, mas ainda estava muito nervoso no dia, porque já não fazia aquilo há algum tempo".

 

...

 

MundoZ! Cinema
Author: MundoZ! Cinema
Nunca perca nossas matérias – entre para o nosso grupo MundoZ! Cinema, do WhatsApp, para receber as novidades da semana todas as sextas-feiras. CLIQUE AQUI PARA ENTRAR