Vida e Carreira

Como encontrar um mentor

Saiba o que é um mentor e como você pode encontrar o melhor para ajudá-lo a alcançar seus objetivos profissionais.
Tempo de leitura: 8 minutos

Um mentor é um profissional experiente que informalmente ajuda a orientar uma pessoa com menos experiência em seus empreendimentos profissionais. O processo de orientação é mutuamente benéfica para o mentor e o pupilo.

Se o desenvolvimento pessoal e profissional é importante para você, uma mentoria é um relacionamento que pode ajudar aqueles com menos experiência a aprimorar suas habilidades profissionais. Se você se enquadra neste grupo, é importante ter um bom entendimento sobre o que é um mentor, quais são suas qualidades e como encontrar e desenvolver um ótimo relacionamento com um mentor.

Veja também

11 razões pelas quais você deveria se tornar um mentor
Como criar uma mentoria? Ganhe dinheiro com o seu conhecimento

 

O que é um mentor?



A mentoria é uma relação profissional mutuamente benéfica em que um indivíduo experiente (o mentor) transmite conhecimento, experiência e sabedoria a uma pessoa menos experiente (o pupilo), ao mesmo tempo em que aprimora suas habilidades de mentor.

Um mentor eficaz pode orientar profissionalmente o pupilo enquanto mantém um relacionamento amigável e de apoio. Um mentor deve sempre ter os melhores interesses do pupilo em mente e adaptar seu estilo de mentoria para atender às necessidades dele.

Quem procura um mentor deve ter em mente estas três coisas:

Defina o que você quer da sua carreira e o que você precisa aprender para chegar lá.


Aborde um relacionamento com um mentor como se fosse uma amizade de negócios - seja casual e amigável e tente não fazer perguntas estranhas como: "Você será meu mentor?"

Comece com sua própria rede profissional. Freqüentemente, já temos mentores que fornecem conselhos de várias maneiras, e tudo o que precisamos é um pequeno esforço de nossa parte para transformar essa conexão em um relacionamento contínuo.

Qual é a diferença entre um coach e um mentor?



Muitas pessoas confundem coaching com mentoria; no entanto, são relacionamentos diferentes com finalidades diferentes.

Coaching é geralmente um relacionamento pessoal/profissional de curto prazo entre duas pessoas, no qual o coach usa estratégias criativas e instigantes para ajudar o cliente a se desenvolver pessoal ou profissionalmente. Por outro lado, uma mentoria é um relacionamento mais longo - geralmente um ano ou mais - que é mutuamente benéfico.

O mentor ajuda o pupilo a desenvolver habilidades profissionais ou experiência, e o mentorado permite que o mentor desenvolva suas habilidades de liderança.

Principal lição

Conclusão principal: Um mentor é um guia profissional que transmite conhecimento, sabedoria e experiência a uma pessoa com menos experiência.


O que um mentor faz?


Quer você seja o fundador de uma startup totalmente nova ou um empresário com um pouco de experiência em negócios, você sempre pode se beneficiar de um mentor.

Um mentor pode servir como uma caixa de ressonância em pontos críticos ao longo de sua carreira.  Ele pode fornecer orientação sobre gerenciamento de carreira que você pode não conseguir obter de outras fontes e uma perspectiva interna sobre o seu negócio, bem como apresentar os principais contatos do seu segmento de atuação.

Os mentores podem ajudar seus pupilos a identificar e evitar armadilhas de negócios e superar os desafios que têm pela frente.

Outro aspecto importante é que, quando estamos imersos em nossas próprias carreiras, é fácil perder de vista a perspectiva geral. É importante ter mentores - especialmente no início de sua carreira. Devem ser pessoas que não sejam seu chefe e devem fornecer informações sobre como progredir e apoiar seus objetivos gerais.

Como encontrar um mentor


O primeiro passo para encontrar um mentor é definir o que você deseja da sua carreira.

Isso pode não significar planejar toda a sua carreira - é importante deixar espaço para ir aonde as coisas o levarem - mas definir o que você quer no curto prazo pode lhe dar um caminho claro a seguir. Considere seu plano de carreira e restrinja-o para que possa determinar quem tem o emprego dos seus sonhos e quem você admira.

Relacionamentos de mentoria bem-sucedidos acontecem quando o mentor e o pupilo são a combinação certa. Procure alguém com quem você se sinta confortável, que possa ser uma caixa de ressonância neutra e que também lhe dê bons conselhos.

Você também pode buscar um mentor em seu próprio círculo profissional.

Esses indivíduos podem ser ex-chefes, ex-professores ou professores, colegas de trabalho em outro departamento ou amigos da família. Quando estiver procurando, tente priorizar alguém que possa lhe dar conselhos de longo prazo sobre o seu setor e que tenha uma boa ideia da sua própria empresa e do que é necessário para progredir em sua função.

Provavelmente é melhor ter uma combinação de alguém que conheça bem sua organização interna, mas não necessariamente trabalhe lá. Essa pessoa pode fornecer esse insight com uma visão mais ampla do crescimento de sua carreira.

Alguém que tem uma ideia geral de sua função e setor atuais poderá aconselhá-lo sobre coisas como novos projetos a serem explorados, certificações ou treinamento que você precisa para progredir e como gerenciar a política de escritório dentro de sua organização.

Quando estiver pronto para entrar em contato com alguém, é importante manter as coisas casuais. Sua abordagem para um mentor em potencial deve ser a mesma que uma abordagem para um amigo em potencial - o relacionamento se desenvolverá com o tempo. Não force as coisas; fique tranquilo. Lições e conselhos virão com o tempo.

Não é como se você estivesse em uma conferência e conversasse com alguém sentado ao seu lado e dissesse: 'Oi, você será meu mentor?'. É um processo. É como quando você pensa sobre amigos em sua vida, como você os conheceu e como talvez no período de um ano ou mais vocês se tornaram bons amigos ... no começo, vocês perguntaram um ao outro: 'Quer ser meu amigo?' Isso seria completamente estranho. 

A diferença entre mentores e amizades, no entanto, está em como acontece o acompanhamento.

Uma Dica: Para encontrar um mentor, defina suas metas de carreira, identifique seus modelos de comportamento, restrinja alguém em sua rede e em setor e, casualmente, estabeleça um relacionamento profissional com essa pessoa.

Por que você deve pensar em trabalhar com um mentor


Um mentor pode ser um recurso muito valioso, especialmente para jovens aspirantes a empreendedores e para aqueles que são novos no mundo dos negócios. Existem vários benefícios em trabalhar com um mentor.

Ele oferece a você uma nova perspectiva de um profissional experiente.

Encontrar o mentor certo não é o segredo do sucesso - é tão óbvio quanto essencial. Aprender com alguém mais velho, sábio e experiente é uma oportunidade de negócio inestimável, quer você tenha acabado de começar seu primeiro emprego ou esteja no meio de sua carreira.

À medida que entramos na rotina do dia-a-dia da vida profissional, é fácil nos perdermos no momento - nossos problemas estão a quinze centímetros de nosso rosto, e um mentor pode ser a pessoa que redefinirá as coisas para que possamos olhar para nossas carreiras e crescimento sob uma nova perspectiva.

Pessoas influentes estão constantemente em busca de jovens talentosos; mas a questão é que eles não conseguem encontrar um bom número dessas pessoas, elas são raras.

Ter a reputação de alguém que é flexível, curioso, motivado, talentoso e, acima de tudo, bem equilibrado e confiável, é a melhor maneira de atrair um mentor. Você não precisa encontrar um mentor, você só precisa 'se sair bem' e um mentor vai te encontrar.

Pode ser uma forma informal de obter orientações valiosas.

Com esse primeiro passo em mente, entender a natureza de um mentor. É importante para um mentor e um pupilo perceberem que a conexão nem sempre precisa ser intensa e formal e que é melhor se concentrar em manter o relacionamento profissional e aprender o que puder.

Não precisa ser completamente intensivo, e isso é o que o mentor e o pupilo devem saber - é uma conversa de diálogo contínua e um relacionamento que talvez não mude completamente a sua vida, mas que será de grande valia em algum aspecto.

Parte de encontrar um mentor significa aprender como fazer o acompanhamento adequado, agregar valor à vida e à carreira de seu mentor e ser proativo no crescimento de sua própria carreira.

Essas lições podem ser aplicadas a qualquer trabalhador em qualquer estágio de sua carreira. Especialmente para jovens profissionais que estão começando numa profissão ou que não têm a experiência necessária para progredir.

Às vezes, tudo que você precisa nesse momento é alguém por quem admirar, alguém que esteve no seu lugar, mas construiu seu próprio caminho para o sucesso.

O mentor moderno pode elevar sua mente e sua carreira de uma forma que não pode ser ensinada na escola, em uma sala de reuniões ou em uma viagem de negócios. 

Como construir um relacionamento com um mentor

Depois de se encontrar com alguém e ter uma conversa inicial, se você acha que essa pessoa pode lhe fornecer conselhos valiosos à medida que sua carreira progride, pense criticamente sobre como e quando fazer o acompanhamento.

Se eles estiverem abertos para continuar um diálogo, defina lembretes de calendário sobre quando fazer o acompanhamento. A frequência com que você fala com seu mentor depende de você, mas o objetivo é uma visão contínua e de longo prazo. Isso pode significar ligar para o seu mentor a qualquer momento ou quem sabe até tomar um café uma vez a cada três meses, ou mesmo apenas duas vezes por ano. 

Mas definitivamente, você deve fazer uma anotação em sua agenda, porque estamos tão ocupados que o tempo pode escapar.

Digamos que você se conecte com seu mentor no final de [outubro] - anote para encontrá-lo novamente durante as férias e, em seguida, talvez peça para ele incluir um novo encontro em janeiro.

Embora as reuniões presenciais sejam importantes, as redes sociais oferecem aos pupilos a oportunidade de ter interações regulares e sem pressão com os mentores. Use o Twitter e o LinkedIn para coisas mais 'leves' - artigos interessantes, recomendações de livros, notícias importantes do seu mercado de atuação.

As redes sociais permite que os pupilos provoquem seus mentores, lembrando-os não apenas de que eles existem fora do encontro semestral, mas também de que valorizam o relacionamento.

No entanto, certifique-se de não 'cutucar' com muita frequência, ou você parecerá mais um chato. Mais importante ainda, não discuta ideias importantes de carreira por e-mail ou redes sociais - guarde isso para as interações pessoais.

Faça questão de tentar encontrá-los. Se a agenda deles estiver lotada, pense fora da caixa em termos de: 'OK, encontro você no seu escritório' apenas para obter essa interação... você realmente não deveria [apenas] enviar e-mails para ele.

 

Quais são as qualidades de um bom mentor?


É importante escolher com sabedoria quando selecionar um mentor. É alguém que você deve respeitar e aspirar a ser como. Dito isso, existem várias qualidades que todos os bons mentores compartilham.

Experiência e Sucesso

No nível mais básico, seu mentor deve ter mais experiência do que você e um histórico de sucesso.

Um grande mentor é alguém cujas qualidades constituem uma versão muito melhor de quem você imagina ser. Por outro lado, alguns grandes mentores podem ajudá-lo a aprender quem você NÃO deve ser - por exemplo, um empresário de muito sucesso que tem uma vida pessoal conturbada. Grandes mentores têm um conjunto de habilidades complementares e trazem diferentes qualidades para a mesa. Perspectivas diferentes são valiosas na relação mentor-pupilo.

Autenticidade, empatia, criatividade e honestidade Procure um mentor que tenha um caráter e traços fortes que valham a pena imitar.

Procure mentores que sejam autênticos, empáticos, criativos e honestos. Você precisa de alguém que se preocupa e investe no seu crescimento profissional, mas também de alguém que fale a verdade para você. Às vezes, você precisa de uma crítica construtiva ou de um choque de realidade, enquanto outras vezes você precisa de um tapinha nas costas. O mentor escolhido pode fornecer todas essas coisas.

Valores semelhantes aos seus

Um mentor na mesma área de negócios que você pode entender melhor os desafios e preocupações de seu negócio, relacionamentos de mentoria frutíferos não precisam necessariamente acontecer dentro do mesmo setor. A filosofia de liderança pode ser mais importante.

Certifique-se de que o mentor compartilhe um sistema de valores semelhante em liderança e gerenciamento. Saber quem você é como líder é fundamental antes de entrar em um relacionamento de mentor. Só então você pode se alinhar com o guia certo.

Principal lição

Conclusão principal: Bons mentores são experientes, bem-sucedidos, autênticos, criativos, empáticos e honestos. Os melhores mentores compartilham valores semelhantes com seus pupilos.

 

Como agregar valor a um relacionamento mentor-pupilo

 

Como pupilo, pode ser fácil cair no padrão de pedir muito ao seu mentor sem dar nada em troca. Embora seu mentor possa ficar feliz em aconselhá-lo independentemente, ainda é importante pensar em algumas maneiras de mostrar sua gratidão e ficar à disposição de seu mentor.

No mínimo, é importante provar que você aprecia o relacionamento, valorizando os conselhos e o tempo de seu mentor - nem que seja chegando às reuniões mais cedo ou ajustando sua própria programação para tornar a reunião mais conveniente para seu mentor. Os jovens profissionais podem não ter muito a oferecer aos seus mentores, mas podem oferecer-lhes respeito e apreço.

Você pode ser um ótimo pupilo para seu mentor, se mostrando presente - permanecendo no radar deles - porque as chances são, se ele for adequado para você, ele vai apreciar fornecer informações. Agradeça a ele, demonstre seu reconhecimento, não desperdice o tempo dele.

 

A chave para orientação e progresso: ser proativo

 

O objetivo de procurar um mentor é obter informações importantes e avançar em sua carreira. A única maneira de isso ser possível é se você for proativo em relação à sua própria situação.

Precisamos ser pró-ativos - o que importa é que todos precisam ser pró-ativos no progresso e crescimento de suas carreiras. Digamos que você goste do seu trabalho e pense: 'Ah, as coisas estão indo bem' - você ainda precisa de um mentor porque, em algum ponto, pode chegar num platô.

Com um mentor, mantenha a simplicidade e fique tranquilo quanto ao relacionamento. Muitas vezes, há uma lição a ser aprendida com alguém que está mais adiantado em sua carreira. A chave é estar aberto a qualquer lição ou mensagem que seja.

Procure alguém que você queira imitar, que possa ajudá-lo nas áreas em que você tem deficiência de conhecimento e habilidades.

Este artigo foi originalmente publicado no site businessnewsdaily.com. Você pode ler o original em inglês aqui.  

 

... 

 

MundoZ! Vida e Carreira
Author: MundoZ! Vida e Carreira
Se você gostou do nosso artigo curta, compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda a continuar criando matérias interessantes e conteúdos incríveis para nossos leitores.

Topo