• Pesquisar
  • Abrir menu

Como vender um site de afiliados

O marketing de afiliados é um grande negócio e é apenas uma parte da atividade econômica em expansão que existe há mais de uma década.
Duas mulheres jovens demonstrando felicidade ao vender um site.

Como vender um site de afiliados? A Statista relata que os gastos com marketing de afiliados nos EUA chegarão a 8,2 bilhões de dólares em 2022. De acordo com a TrueList, 81% das principais marcas têm programas de afiliados, e a Findstack observa que quase 65% dos profissionais de marketing de afiliados em todo o mundo obtém tráfego simplesmente por meio de blogs.

Onde isso deixa o proprietário do site afiliado individual? Alguém que pode ter construído sua presença digital em um negócio valioso ao longo do tempo e agora quer vender seu site.

Um profissional de marketing de afiliados experiente pode aprender sobre como vender seu negócio e começar a preparar a base para fazer isso lá na frente. No entanto, a maioria desses profissionais terá mais sucesso se contratar um corretor  que entenda como vender sites afiliados.

O corretor certo saberá como aumentar o valor do seu site e o ajudará a vendê-lo pelo maior valor possível.

Quais são as métricas de avaliação para sites de afiliados?

De acordo com o AM Navigator, apenas 10% de todos os afiliados são responsáveis ​​por gerar 90% das vendas e conversões. Isso significa que poucos sites de afiliados estão qualificados para conseguir um bom preço de venda.

Se o seu site não tiver essas classificações, você poderá alcançar isso melhorando sua posição ao longo do tempo até atingir um certo nível de consistência nas vendas como afiliado.

Alguns dos fatores que contribuem para o valor do seu site são:

O segmento de mercado e o tipo de produto

Os programas de afiliados existem em praticamente todos os setores, desde finanças pessoais, saúde, softwares de gestão (ERPs) até produtos físicos. Você pode vender produtos físicos como afiliado ou pode trabalhar exclusivamente com produtos digitais, como e-books, assinaturas mensais e cursos online.

Além disso, os produtos vendidos por meio de afiliados tem todas as faixas de preço, desde produtos e serviços baratos até produtos e serviços muito sofisticados.

As comissões variam de acordo com o volume de vendas, onde alguns proprietários de sites afiliados precisam vender apenas alguns produtos por mês para obter um lucro considerável ao passo que outros precisam ter um grande volume de vendas para garantir uma renda razoável.

O tamanho do programa de afiliados

Alguns programas de afiliados são pequenos, mantidos por empresas relativamente pequenas ou empreendedores individuais que selecionam seus afiliados a dedo e fazem acordos exclusivos com um pequeno número de afiliados.

Outros programas, como o Amazon Associates e o eBay Partner Network, são implementados por grandes marcas e empregam milhares de afiliados. Programas maiores geralmente são capazes de compartilhar mais recursos promocionais com seus afiliados, como materiais e estratégias de marketing digital.

Métodos de geração de tráfego

Os blogs talvez sejam a fonte de tráfego mais popular usada por afiliados, no entanto, outros métodos incluem publicidade paga em redes sociais, backlinks e otimização de conteúdo para mecanismos de pesquisa (SEO), publicidade paga por clique (PPC), podcasts e marketing de influenciadores.

Alguns métodos são mais caros do que outros e o ROI dos métodos de geração de tráfego ​​pode ser um fator determinante do valor de um site afiliado.

É importante ter em mente que nem todo tráfego tem a mesma qualidade. Sites afiliados que atraem leads qualificados e com grande intenção de compra são capazes de produzir mais vendas.

Identidade de marca

Alguns sites afiliados são pequenos portais usados para funil de e-mail marketing. No entanto, outros proprietários de sites afiliados criam marcas grandes e exclusivas que atraem clientes organicamente justamente por causa da força da marca. Eles podem até ter um blog que apresenta vendas de afiliados como apenas uma parte da sua estrutura de negócios.

Ter mais de um fluxo de renda além do empreendimento afiliado pode colocá-lo em uma posição de venda melhor do que os profissionais de marketing que tem sites afiliados mais simples, como única fonte de receita comercial e que não investem branding (promoção da marca).  

Marketing por e-mail

As campanhas de resposta/envio automático de e-mails podem ser uma parte importante do marketing de afiliados, pois podem nutrir a base de leads de forma totalmente automatizada. Sua lista de e-mail é um ativo comercial muito importante, especialmente se estiver otimizada para obter melhores conversões ao longo do tempo.

Se o seu site afiliado representa um negócio saudável e em crescimento, um corretor experiente pode aplicar vários métodos de avaliação para lhe dar uma boa noção do valor real do negócio.  

Fórmulas de avaliação para sites afiliados

Duas fórmulas padrão que podem ser usadas na avaliação de sites afiliados e outros negócios digitais são o EBITDA e o SDE (Seller's Discretionary Earnings, na sigla em inglês).

SDE como fórmula de avaliação

O Lucros Discricionários do Vendedor (em tradução livre) (SDE) estimam o valor de uma empresa com base nos ganhos que o proprietário obteve com a atividade  comercial.

Aqui está a fórmula:

Rendimentos antes de impostos, antes de juros
+
veículos, viagens, outras transações listadas como despesas comerciais

A SDE relaciona as despesas com algum grau de benefício pessoal para o proprietário. Essas despesas podem incluir viagens, salário (pró-labores) e doações recebidas. Para pequenas empresas que operam no mercado de afiliados, a SDE pode ser uma maneira útil de projetar a vantagem financeira de um futuro proprietário.

USANDO O EBITDA

EBITDA significa "Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (EBITDA)". Esta fórmula é comumente usada para determinar avaliações de negócios. Como está implícito no nome, o EBITDA adiciona algumas despesas ao total de lucros.

A SDE e o EBITDA são calculados para chegar ao preço potencial de venda de um negócio de afiliados saudável que geralmente pode ser vendido por até 30 a 40 vezes o lucro líquido mensal.

Dependendo do tamanho e da dinâmica do seu negócio, um corretor pode aplicar uma ou ambas as fórmulas de avaliação ao site afiliado para chegar a um preço pelo qual possa ser vendido.

Se preparar antecipadamente para vender um site de afiliados envolve certificar-se de que sua empresa está em boas condições legais e financeiras e prepará-la para transferência para outro comprador.

Veja também

- Como você encontra afiliados para vender seus produtos
- Marketing de afiliados, será que ainda vale a pena?
- Marketing de conteúdo: Como atrair clientes com conteúdos informativos

Uma linha de tempo para vender um site de afiliados

Faz sentido projetar a venda do seu site afiliado para um ou dois anos, se você puder esperar, isso lhe dará tempo para aumentar o valor do site.

Sites de afiliados menores e menos complexos podem ser vendidos em menos tempo

No entanto, empresas afiliadas maiores que geram receita em tempo integral ao proprietário merecem mais avaliação antes da venda. Ter pelo menos um ano antes de começar a procurar ou receber possíveis compradores pode ajudar a maximizar o preço da venda.

Supondo que você siga um cronograma de 12 meses para vender seu site afiliado, esses são alguns passos importantes:  

De seis a doze meses antes da venda

No período de 12 meses antes de começar o processo de venda, você deve impulsionar certas atividades visando aumentar seus lucros de afiliado. Isso inclui construir sua lista de e-mails aproveitando a publicidade digital paga e o tráfego de SEO, criando mais conteúdo para o blog e atraindo mais clientes para o site por meio das redes sociais.

Ajuda muito se você tiver um plano estruturado para fazer isso. Ter seus procedimentos operacionais padrão (SOPs) para marketing digital, devidamente anotados e empregar freelancers competentes para ajudar na criação de conteúdo e nas tarefas de geração de leads são boas maneiras de aumentar os lucros de um site de afiliados.

Em última análise, se suas atividades estão levando a mais vendas e se você alcançar o status de afiliado “Top 10” com a marca que está representando, você está na direção certa. Se você ainda não está nesse nível, você deve repensar e fazer os devidos ajustes.

De seis a três meses antes da venda

Pelo menos 6 meses antes de vender o seu site de afiliado, você deve começar a colocar as finanças em ordem. Isso inclui uma declaração de lucros e perdas (P&L), impostos e outros documentos sobre questões financeiras da empresa.

Você também deve reunir todos os principais ativos para transferir para o próximo o site de afiliado para o próximo proprietário. Seu ativo mais valioso, além e ainda mais do que o próprio site, pode ser sua lista de e-mails. Outros ativos podem incluir relacionamentos com contratados, licenças de software que você usa e elementos da marca, como logotipos e perfis de redes sociais.

A documentação de seus procedimentos operacionais padrão (SOP) é ​​importante para muitos compradores. Você deve anotar as etapas exatas que adota para atrair tráfego, criar conteúdo de marketing, supervisionar freelancers ou assistentes virtuais e solucionar problemas técnicos.

De três meses até final do processo de venda

Neste ponto, você deve finalizar sua documentação, certificando-se de que possa ser removido da empresa o mais rápido possível e garantindo que todos os ativos comerciais relacionados ao site afiliado estejam preparados para serem entregues ao próximo proprietário.

Você também deve estar analisando como vai anunciar a venda ao mercado e com que tipo de comprador está disposto a negociar – seja um indivíduo ou uma empresa maior, por exemplo. Saber isso com antecedência ajuda a estar preparado para as negociações e a entender o quanto você precisará se envolver no pós-venda.

Onde vender um site de afiliados

Existem várias plataformas online onde se pode vender negócios digitais, incluindo os sites de afiliados.

A Flippa é uma das mais conhecidas

Você pode listar estatísticas do site, como classificações de palavras-chave de SEO, lucro mensal e fontes de tráfego para atrair compradores em potencial.

O BizBuySell é uma plataforma onde são vendidos negócios tradicionais e digitais

Lá, seu site de afiliados estará competindo com empresas físicas já estabelecidas, tornando essa opção bem mais adequada para empresas que operam no segmento de afiliados que tenham uma receita mais alta.

Finalmente, temos os grupos no Facebook que se tornaram lugares muito procurados para comprar e vender sites. A vantagem de usar essa rede social é que você pode ter uma ideia do que atrai os compradores. Já a desvantagem é que os vendedores geralmente estão vulneráveis ​​a golpistas ou investidores sem escrúpulos que farão ofertas muito baixas.

Geralmente, é melhor trabalhar com um corretor experiente na venda de sites de afiliados e que possa apresentá-lo a compradores sérios.

 

...

MundoZ! Empreendedorismo
Author: MundoZ! Empreendedorismo
Se você gostou do nosso artigo curta, compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda a continuar criando matérias interessantes e conteúdos incríveis para nossos leitores.