MundoZ! Portal de Conteúdo.

Empreendedorismo

Como calcular os preços dos produtos da empresa de forma correta

MARKUP é um índice utilizado para a formação do preço de venda, sempre aplicado ao preço dos produtos.
Tempo de leitura: 10 minutos

Você  saberia  dizer se, neste momento, os preços dos produtos que você vende na sua empresa estão corretos? Considere: eles cobrem os custos de aquisição, movimentação e distribuição, da mesma forma que os  encargos e ainda garantem uma margem de lucro? 

Para  chegar a esse valor,  você precisa, antes de mais nada, entender o conceito que ajuda a fazer o preço. Estamos falando sobre MARKUP.

Neste artigo  vamos  explicar a importância dos de uma boa formação de preços  e a forma como o índice de MARKUP está relacionado a isso.

Por que o preço é tão importante?


Independentemente do seu setor e, portanto, dos  produtos e serviços que você ofereça, a lógica é só uma:  o valor  cobrado dos clientes deve cobrir suas despesas e ainda assim gerar lucro. E seguindo este conceito,  é fácil  saber  por que a precificação é fundamental para o sucesso do seu negócio, certo?

E acredite: apesar de já ser do conhecimento  de muitos gestores, a falta  da definição de estratégias de formação de custos pode significar perda de rentabilidade  ou talvez,  nos  casos mais extremos, gerar grandes perdas financeiras.

Isso significa que não é suficiente apenas  levantar  os custos do negócio e definir a margem de lucro. É  necessário também  identificar seu público, saber qual é a percepção de valor dos consumidores em ralação ao seu produto (que é diferente de preço),  além de analisar o volume de vendas e o marketshare  do negócio.

Além de sua importância global para os resultados da empresa, é bom lembrar que o preço é um fator adicional usado pelos clientes, sendo apenas um, dentre a maioria dos  aspectos considerados dentro da decisão de compra. E esse fator se torna muito mais relevante quando o nicho onde você opera é mais competitivo e com muitos concorrentes.

Nesse contexto, para cobrar mais, você precisa apresentar um valor perceptível que sirva como um diferencial quando for comparado com a concorrência – além de ter a certeza de que está compatível  com o seu público alvo. E é preciso ainda, ter em mente que preços muito baixos podem gerar prejuízos, pois corre-se  o risco  de que não cubram todos os custos associados ao processo de venda.


O que é MARKUP e de que forma  ele  influencia o seu negócio?


MARKUP é um índice utilizado para a formação do preço de venda, sempre aplicado ao  preço dos produtos. 

Basicamente, após a identificação  do valor de cada unidade de um produto, soma-se uma determinada margem de lucro. Enquanto faz esse cálculo, você deve se  lembrar de incluir despesas, impostos e todos os outros encargos que se aplicam ao seu processo de venda.

É  impossível  calcular  o melhor  índice de MARKUP,  porque ele varia muito, dependendo do nicho de mercado onde a empresa opera e pode até mesmo apresentar uma certa ‘flutuação’ de negócio para negócio. Para pesquisar o  seu MARKUP, relacione as despesas fixas e variáveis, os custos operacionais, impostos e encargos, dentre outras despesas da empresa. 

Resumindo, MARKUP é o que ajuda a empresa a confirmar  que o  preço final é  adequado  para cobrir todos os seus custos e ainda assim gerar uma margem de lucro satisfatória . Além disso, também oferece uma maneira para determinarmos  uma margem adequada de desconto, sem afetar a lucratividade.


Quais variáveis ​​devem ser consideradas no cálculo do MARKUP?


Como dissemos, existem vários elementos que devem se considerados ao calcularmos o MARKUP de um produto, a seguir, explicaremos melhor cada um deles. 
 
CMV

Custo dos Produtos Vendidos (CMV) consiste em todas as despesas que foram geradas para adquirir e armazenar os produtos, até a sua efetiva comercialização. Para encontrá-lo,  você precisa identificar:

1- o custo de aquisição;
2- os descontos;
3- impostos restituíveis;
4- impostos não restituíveis;
5- custo de frete;
6- pagamento de seguros;
7- outras despesas relacionadas à aquisição do produto.

Assim,  para saber qual é o seu CMV, basta aplicar a fórmula:


custo de aquisição - descontos - impostos recuperáveis ​​+ impostos não recuperáveis ​​+ frete + seguro + outras despesas.

Tributos

regime tributário no qual sua empresa está inserida também exerce influência direta na geração de crédito ou débito de ICMS. Então, você deve apurar exatamente todos os impostos que incidem sobre as vendas do seu negócio.

Comissões

Aqui não tem segredo: estamos falando  da parcela paga aos profissionais  da área comercial  por cada  venda realizada.

Custo  

Custos fixos são aqueles que não estão diretamente associados às vendas realizadas. Portanto,  eles não apresentam variação, independentemente do faturamento do negócio. Estão  associados a salários, despesas administrativas, dentre outros.

Lucro

É a definição da margem bruta (porcentagem) que você gostaria  de obter em cada venda e que pode  variar de produto para produto.


Então, como o preço é baseado no cálculo do MARKUP?


MARKUP é usado para definir os preços dos produtos individualmente ou mesmo genericamente, levando em consideração as necessidades e métodos do negócio. Isso costuma  acontecer com alguns  itens de menor valor (com menor lucro) para garantir  um melhor  volume de vendas e aumentar a competitividade do negócio.

Por  outro  lado, outros bens podem  proporcionar  uma melhor  margem de lucro e, portanto, ter um valor maior. E mesmo assim, os consumidores irão comprá-los.

A primeira etapa do cálculo por meio do MARKUP é identificar as despesas fixas, variáveis ​​e o lucro presumido - que determinam  a ideia  de cálculo do IRPJ. 

Assim, para buscar o MARKUP, utiliza-se a seguinte fórmula:

 

100 / [100 - (despesas fixas + despesas variáveis ​​+ lucro presumido)]



Os resultados encontrados  são aplicados ao valor dos produtos vendidos (CMV), e sua soma terminará no preço pretendido do item.

Para entender melhor como funciona na prática, vamos usar um exemplo onde o custo de aquisição de um item é de 50 reais, as despesas fixas correspondem  a 6 reais do custo e as despesas variáveis ​​correspondem a 10%. 

lucro estimado é de 30%.

Aplicando a fórmula MARKUP, temos:

 

100 / [100 - (6 + 10 + 30)] = 100 / (100 - 46) = 100/54 = 1,85



Somando o índice encontrado ao CMV,  descobrimos o preço de venda:


50 x 1,85 = 92,50  



Para que a venda da mercadoria  em questão seja suficiente  para cobrir os custos (fixos e variáveis) e ainda gerar a margem bruta esperada, o produto deve ser vendido a 92 reais e 50 centavos (R$ 92,50).

Compreender o conceito MARKUP certamente vai ajudar na formação do preço de venda dos seus produtos, garantindo um retorno financeiro justo sobre as vendas, além de permitir que você ofereça um preço adequado aos seus clientes, melhorando a competitividade e a saúde financeira da sua empresa.

 

MundoZ! Empreendedorismo
Author: MundoZ! Empreendedorismo
Se você gostou do nosso artigo curta, compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda a continuar criando matérias interessantes e conteúdos incríveis para nossos leitores.

RELACIONADOS

Como criar um KPI

KPIs, as principais métricas que definem o sucesso de ações estratégicas e servem como parâmetro para as áreas que precisam de melhorias.
Tempo de leitura: 15 minutos
Empreendedorismo

Topo