• Pesquisar
  • Abrir menu

Nação Comanche x ‘Predador’

Além de a grande maioria dos atores ser Comanche, grande parte dos diálogos também será em língua nativa.
Tempo de leitura: 5 minutos
Amber Midthunder caracterizada como Naru no filme Predador. Imagem/divulgação Disney.

‘Prey’ ou no título em português ‘Predador. A acaçada’, o mais recente filme da franquia ‘Predador’, estreia em agosto e os diálogos estarão na lançado em língua Comanche. Com um elenco de atores nativos americanos e da ‘Primeira Nação’, “Prey”, o novo filme da franquia Predator”, volta 300 anos no passado para o território das planícies, onde um alienígena com uma tecnologia muito avançada aterroriza a Nação Comanche.

 

A última vez que o Predador lutou contra um nativo na tela foi no original da série.

 

Sonny Landham, um índio Seminole e Cherokee, interpretou o personagem rastreador nativo Billy em “Predator”, de 1987 ao lado de Arnold Schwarzenegger numa batalha travada numa floresta tropical da América Central por uma equipe de soldados de elite dos EUA. Mas infelizmente, Billy não conseguiu parar o alienígena.

 

Talvez, desta vez seus antepassados consigam. O diretor do longa, Dan Trachtenberg (“10 Cloverfield Lane” e “The Boys”) procurou teve ajuda de pessoas da Nação Comanche para ajudar a entender e retratar melhor o povo Comanche na nova produção.

 

“O filme foi uma ideia que tive, então pensei em ter ajuda da Nação Comanche para garantir a autenticidade. Foi quando conheci Jhane Myers”, disse Trachtenberg.

 

Myers é uma aclamada cineasta e cidadã da Nação Comanche, ela é conhecida por sua dedicação aos filmes sobre as nações Comanche e Blackfeet.

Com sua contribuição, o filme apresenta um elenco composto quase inteiramente por atores nativos e da Primeira Nação, incluindo Amber Midthunder (“A Estrada do Gelo”, “Roswell, Novo Mexico”), a novata Dakota Beavers, Stormee Kipp (“Sooyii”), Michelle Thrush (“Jornada para casa”) e Julian Black Antelope (“Tribal”).

 

“Este filme será lançado completamente na linguagem Comanche e será exibido nas terras Comanche”, disse Myers. “É a primeira vez que isso será feito. “Star Wars” já havia sido gravado em navajo, mas levou 30 anos para eles fazerem isso. É ficção científica, mas o visual é fiel aos tempos, fiel à localização, idioma e aos costumes Comanche”, diz Trachtenberg."

 

No trailer que já foi lançado e mostra Midthunder como Naru. Ela é descrita como “uma guerreira feroz e altamente treinada” que foi “criada à sombra de alguns dos caçadores mais lendários da tribo, que vagam pelas Grandes Planícies”, de acordo com a descrição do enredo fornecido pela Disney. E ela acaba vendo alguns sinais nas nuvens que lhe dizem que está pronta para caçar ursos, perseguindo-os pelos rios com seu cachorro.

 

Mas então a caçada toma um rumo sombrio

Naru se propõe a proteger seu povo contra uma ameaça perigosa, que acaba sendo um Yautja, a espécie de alienígena historicamente conhecida como Predadores. Naru corre pela floresta em um campo aberto quando outro Comanche com tinta preta manchada em seus olhos, a puxa para baixo para para protegê-la.

 

Ele viu algo se movendo ameaçadoramente além da linha das árvores, mas, infelizmente, esse algo também os viu. Ele aponta o seu arco e flecha para na direção da ameaça, mas misteriosos pontos de laser vermelhos aparecem em sua testa, algo que os fãs da série vão reconhecer como sendo o laser do Predador, usado em filmes anteriores.

 

Midthunder é uma cidadã da Tribo Fort Peck Sioux. Conhecida por seus papéis regulares na série FX “Legion” e na série da CW “Roswell, Novo Mexico”, ela também apareceu em “Longmire ” e “Banshee ”. Seu pai é David Midthunder, ator de sucesso com 60 filmes na carreira e sua mãe, Angelique Midthunder, é diretora de elenco.

 

Trailler

 

“Prey ”(também conhecido como “Predator 5”) é a quinta sequência da franquia Predator e é considerada uma sequência dos quatro primeiros filmes. O filme começou a ser produzido durante as filmagens do filme anterior “Predator”, intitulado “The Predator”, 2018. Trachtenberg tinha o conceito em que vinha trabalhando desde 2016.

 

Em dezembro de 2019, o filme foi iniciado e ainda estava em sigilo, como o codinome de “Skulls” para uma quinta sequência da franquia, com alguns integrantes da mesma equipe criativa. Além da criatura alienígena, nada mais se relaciona com os eventos dos filmes anteriores.

 

Os Comanches foram escolhidos por sua história e localização, eles são das Planícies do Sul, agora uma tribo reconhecida pelo governo federal com sede em Lawton, Oklahoma. Sua língua é da família asteca, originalmente um dialeto Shoshoni. Nos séculos 18 e 19, os Comanches viviam no atual noroeste do Texas e se espalharam pelo Novo México, Colorado, Kansas e Chihuahua, no México. Colonos espanhóis e mexicanos chamavam seu território histórico de Comancheria.

 

O Comanche era um um povo nômade criador de cavalos e principalmente bisões de caça. Quando os colonos brancos se mudaram para seu território, os Comanches travaram guerra e invadiram seus assentamentos. Dizimados por doenças europeias e guerras, a maioria dos Comanches foi forçada a viver em reservas nas décadas de 1860 e 1870. Hoje, a Nação Comanche tem 17.000 cidadãos, cerca de 7.000 dos quais residem em áreas ao redor de Lawton.

 

“Prey” será lançado exclusivamente no canal de streaming Hulu, em 5 de agosto.

 

 

...

MundoZ! Cinema
Author: MundoZ! Cinema
Nunca perca nossas matérias – entre para o nosso grupo MundoZ! Cinema, do WhatsApp, para receber as novidades da semana todas as sextas-feiras. CLIQUE AQUI PARA ENTRAR