• Pesquisar
  • Abrir menu

O novo BMW iX5 Hydrogen é posto à prova perto do Círculo Polar Ártico

O BMW iX5 ganha uma nova letra: H.
Tempo de leitura: 4 minutos
O novo BMW iX5 Hydrogen sendo testado no  Ártico

Embora muito menos populares do que os veículos elétricos (a bateria), os carros movidos a células de combustível de hidrogênio são outra maneira, muito viável, diga-se de passagem, de fazer um carro que não tenha emissões de CO2.

Na nova BMW iX5 Hydrogen, o conteúdo de dois tanques de hidrogênio de fibra de carbono e 700 bar é convertido em energia elétrica, que é, então, usada para mover um motor com 170 cavalos de potência.

No entanto, essa energia também pode ser armazenada numa bateria, que por sua vez, recebe mais energia recuperada da célula de combustível. Quando necessário, o iX5 Hydrogen pode produzir até 374 cavalos de potência usando todo o sistema total.

A BMW está testando o iX5 Hydrogen em seus campos de testes no extremo norte da Lapônia, na  Suécia

E eles fazem isso porque os veículos com célula de combustível de hidrogênio têm um conjunto único de vantagens sobre os motores a combustão interna com gasolina e sobre os veículos elétricos a bateria, e isso tem tudo a ver com a capacidade de desempenho do  veículo em climas extremamente frios.

O novo BMW iX5 Hydrogen sendo testado no Pólo Norte. Imagem/BMW

Geralmente carros a gasolina não tem bom desempenho em clima frio, ligar o carro, dirigi-lo e aquecer o interior pode ser trabalhoso.

E o frio extremo também não é o melhor amigo para as baterias. Quem vive em países de clima tropical, como o Brasil, não vê muito problema nisso, mas o pessoal do hemisfério norte não tem uma boa experiência com smartphones e outros dispositivos movidos a bateria, o frio pode é um agente extremamente hostil, para dizer o mínimo, com as baterias, quando se trata de consumo de energia, e vamos combinar que a tecnologia de recarga de baterias ainda não conseguiu acompanhar a velocidade de bombeamento de gasolina.

Veja também

O carro da BMW que reinventou o design de automóveis

O hidrogênio oferece desempenho inigualável nessas temperaturas, de condições climáticas extremas e uma experiência de reabastecimento com velocidade e eficiência mais semelhantes aos carros a gasolina.

Por isso, a BMW vê o iX5 Hydrogen como uma opção para quem não tem acesso à uma boa infraestrutura de carregamento elétrico, mas ainda quer dirigir com o mínimo de impacto ambiental.

 A BMW planeja lançar uma pequena série do iX5 Hydrogen ainda este ano e também anunciou o seu compromisso de melhorar a infraestrutura de reabastecimento de hidrogênio.

Veja as imagens do novo iX5 Hydrogen

 

 

 

 

 

 

 

 

MundoZ! Carros & Motos
Author: MundoZ! Carros & Motos
Se você gostou do nosso artigo curta, compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda a continuar criando matérias interessantes e conteúdos incríveis para nossos leitores.